Skinpress Rss

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

FILHOS DO QUARTO

0


O TEXTO ABAIXO, NOS LEVA A REFLETIR COMO PAIS....ONDE ESTAMOS PERDENDO NOSSOS FILHOS??........

OS FILHOS DO QUARTO

Antes perdíamos filhos nos rios, nos matos, nos mares, hoje temos perdido eles dentro do quarto!

Quando brincavam nos quintais ouvíamos suas vozes, escutávamos suas fantasias e ao ouvi-los, mesmo a distância, sabíamos o que se passava em suas mentes. Quando entravam em casa não existia uma TV em cada quarto, nem dispositivos eletrônicos em suas mãos. Quero deixar bem claro que não sou contra e nem capetizo tudo isso. Mas queridos, precisamos ser sinceros: temos perdido o equilíbrio.



Hoje não escutamos suas vozes, não ouvimos seus pensamentos e fantasias, as crianças estão ali, dentro de seus quartos, e por isso pensamos estarem em segurança. Quanta imaturidade a nossa.

Agora ficam com seus fones de ouvido, trancados em seus mundos, construindo seus saberes sem que saibamos o que é…

Alguns, como o garoto de São Vicente, perdem literalmente a vida, mas tantos outros aí, ainda vivos em corpos, mas mortos em seus relacionamentos com seus pais, fechados num mundo global de tanta informação e estímulos, de ídolos de youtube, de modismos passageiros, que em nada contribuem para formação de crianças seguras e fortes para tomarem decisões moralmente corretas e de acordo com seus valores familiares.

Dentro de seus quartos perdemos os filhos, pois não sabem nem mais quem são ou o que pensam suas famílias, já estão mortos de sua identidade familiar… Se tornam uma mistura de tudo aquilo pelo qual eles tem sido influenciados, e pais nem sempre já sabem o que seus filhos são.


Você hoje pode ler esse texto, amar, marcar os amigos. Pode enxergar nele verdades e refletir. Tudo isso será excelente. Mas como Psicopedagoga tenho visto tantas famílias doentes com filhos mortos dentro do quarto, então faço você um convite e, por favor aceite! 

Convido você a tirar seu filho do quarto, do tablet, do fone de ouvido, convido você a comprar jogos de mesa, tabuleiros e ter filhos na sala, ao seu lado por no mínimo 2 dias estabelecidos na sua semana a noite (além do sábado e domingo).

E jogue, divirta-se com eles, escute as vozes, as falas, os pensamentos e tenha a grande oportunidades de tê-los vivos, “dando trabalho” e que eles aprendem a viver em família e se sintam pertencentes no lar para que não precisem se aventurar nessas brincadeiras malucas para se sentirem alguém ou terem um pouco de adrenalina que antes tinham com as brincadeiras no quintal !

Cassiana Tardivo

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

TDAH é um transtorno cerebral

0

 Vi este post, circulando na rede social e achei relevante compartilhar com vocês. Vale a pena ler!!


Estudo aponta que déficit de atenção é transtorno cerebral




As pessoas com Transtorno por Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) têm o cérebro levemente menor, segundo um estudo divulgado nesta quinta-feira (16), que reitera que se trata de uma alteração física, e não apenas de uma má conduta.

Este estudo, o maior até agora dedicado ao cérebro das pessoas com esta síndrome, encontrou "diferenças estruturais" e evidências de atraso no desenvolvimento, segundo os pesquisadores.
"Os resultados de nosso estudo confirmam que as pessoas com TDAH têm diferenças na estrutura cerebral, o que sugere que o TDAH é um transtorno no cérebro", afirmou a diretora do estudo, Martine Hoogman, do Centro Médico da Universidade Radboud, na Holanda.
"Esperamos que isto ajude a reduzir o estigma de que o TDAH é 'apenas um rótulo' para crianças com dificuldades ou que é provocado por uma educação pobre", acrescentou em um comunicado.

As conclusões do estudo, no qual participaram 1.713 pessoas com esta síndrome e 1.529 pessoas sem ela, foi publicado na revista The Lancet Psychiatry.

O TDAH é diagnosticado geralmente na infância, mas pode perdurar nos adultos. Seus sintomas mais frequentes são os problemas de concentração, a hiperatividade e a impulsividade.

A causa do transtorno gera controvérsia e alguns especialistas insistem que o TDAH é apenas um pretexto para utilizar medicamentos que suavizem o comportamento de crianças com personalidades conflitivas.

Neste estudo, Hoogman e sua equipe analisaram as ressonâncias magnéticas de pessoas entre 4 e 63 anos, com ou sem TDAH, e mediram o volume total de seu cérebro, assim como o tamanho de sete regiões que podem estar vinculadas ao transtorno.

O volume total era menor em pessoas diagnosticadas com a síndrome, também de cinco zonas do cérebro, disseram os cientistas.

"Estas diferenças são muito pequenas (...) por isso, a dimensão de nosso estudo, sem precedentes, era crucial para nos ajudar a detectar isto", acrescentou Hoogman.

Outros estudos anteriores, que vinculam as mudanças no volume do cérebro com o TDAH, eram muito pequenos para ser conclusivos, afirmou.

Créditos/Fonte:

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Dê Responsabilidades.

0

Oi pessoal, tudo bem? Ando sumida eu sei, mas perdoem-me. Nos últimos dois anos, minha vida mudou drasticamente por motivos de saúde em minha família, por isso os post demoram .... Bem, mas vamos lá.

Hoje quero postar sobre algumas "tarefas" que nos pais podemos e devemos incentivar os filhos a realizarem. Além de dar autonomia a criança, a responsabilidade que se desenvolve, ajuda na educação para vida.

Com isto, se fortalece o vínculo com a família, uma vez que a união se estabelece para a realização das tarefas e ao mesmo tempo mostra a importância para criança de cuidar de um espaço que seja seu ou comum á todos. É importante saber que a cada idade o modo de participação será diferente de acordo com seu desenvolvimento.

Outro ponto importante é que isso não seja uma obrigação e rotina, mas algo que traga satisfação para criança, e que poderia ser combinado antes como alguma coisa que ela goste de fazer, lembrando que, toda e qualquer atividade deve sempre ser realizada sobre a supervisão de um adulto para que não ocorra riscos a saúde.

Devemos sempre elogiar por menor que seja o esforço ou a tarefa realizada, mostrando assim a importância que a criança tem dentro da família e como é importante sua participação.

Vou deixar uma tabela como exemplo de tarefas de acordo com cada faixa etária.




Att,


Taismara.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Força CHAPE!!

0






O que dizer em uma hora tão difícil como esta, o Brasil está de Luto! Deixo aqui, os meus sentimentos a cada família, que Deus conforte e fortaleça á todos. FORÇA CHAPE!

terça-feira, 22 de novembro de 2016

TAMARA

0

Diante de alguma dificuldade, você desistiria ou iria em frente, atrás de seus sonhos? 
Isso é o que nós mostra essa curta-metragem de animação criada por House Boat Animation Studio,   que conta a história de uma menina surda que sonha ser bailarina. 




terça-feira, 8 de novembro de 2016

Positividade

0


Vi esse vídeo circulando na rede social e achei incrível!!

Poderia se tornar uma prática diária com os filhos, e também  usar da positividade para se trabalhar com os alunos em sala de aula estimulando-os em sua auto-estima. Que tal?


domingo, 6 de novembro de 2016

Vídeo, vale a pena assistir!

0

Que mudança significativa na vida de todos os alunos, se realmente as escolas e professores começassem a ver as diversas formas que cada um tem para aprender. Sensacional esse vídeo.




Fonte: https://www.facebook.com/aprendizageminterativa/videos/810752145733556/